Plástica de Queixo

Mentoplastia

Indicação:

Esta cirurgia é realizada para corrigir a posição do mento (queixo) quando ele se situa de forma projetada ou retraída em relação a uma linha reta imaginária que parte do lábio superior. Em alguns casos, recomenda-se esta intervenção associada à Rinoplastia Estética (plástica do nariz), a fim de se obter resultados estéticos ainda mais satisfatórios. Podem se submeter à Mentoplastia pessoas a partir dos 18 anos.

Finalidade:

O objetivo desta intervenção é promover o reposicionamento do queixo, visando a harmonia estética da face, sobretudo quando observada de perfil. Para que esta harmonia seja alcançada, é necessário que o queixo seja posicionado de forma correta em relação ao lábio superior e aos demais elementos da face como o nariz, olhos e fronte (linhas cefalométricas).

Técnica:

O tipo mais comum de Mentoplastia é realizado para correção do hipomentonismo (queixo retraído). Uma prótese de silicone pré-moldada, revestida com poliuretano e de tamanho adequado às necessidades do paciente é introduzida entre o osso e os músculos do queixo, através de uma incisão interna (na mucosa oral). Por isso, a cicatriz não é aparente. Em geral, as próteses de silicone para o queixo surtem os melhores resultados e são as que apresentam os mais altos níveis de tolerância. O silicone, na forma sólida, é utilizado há mais de 35 anos, sem que haja registros de doenças causadas pelo produto. Os raros casos de eliminação da prótese ocorrem em função de incidentes verificados nos primeiros dias do pós-operatório como, por exemplo, traumatismo na região operada ou higiene oral inadequada. Quando isto acontece, a prótese é retirada sob anestesia local e um novo implante pode ser reintroduzido posteriormente.

Resultados:

No 2º dia após a cirurgia, o edema (inchaço) na região começa a regredir e, por volta do 10º dia, o paciente já apresenta um aspecto bastante satisfatório. Os resultados tornam-se definitivos entre o 2º e o 4 mês, com o desaparecimento dos edemas e a acomodação dos músculos do queixo.

Período de Internação:

Aproximadamente 12 horas.

Anestesia:

Local com sedação.

Tempo do Ato Cirúrgico:

Aproximadamente 1 hora.

Pós-operatório:

Geralmente é indolor. O retorno às atividades normais (sociais e profissionais) pode ocorrer no dia seguinte à intervenção. Em casos especiais, recomendam-se cuidados relativos de 8 a 10 dias, sem que seja necessário repouso absoluto. A exposição ao sol e a prática de exercícios físicos é liberada a partir do 15º dia. É importante evitar traumatismos no local submetido à intervenção durante as duas primeiras semanas do pós-operatório. Recomenda-se também a utilização de uma escova de dente macia e higiene oral com solução anti-séptica, sempre após as refeições, além de uma alimentação pastosa até o 15º dia.

Curativos:

Um curativo de fita adesiva de papel é mantido no local até o 8º dia, com o objetivo de auxiliar na imobilização da prótese, proteger contra eventuais traumatismos e evitar o deslocamento do implante.

Retirada dos Pontos:

Os pontos, de material absorvível, localizados na mucosa do lábio inferior, caem espontaneamente por volta do 10º dia.